Estações de monitorização de temperatura dentro de casa


#1

Bom dia,

Acompanho a página de facebook há bastante tempo mas nunca participei muito, já programei umas coisas em arduino mas não sou um expert na matéria.

Hoje queria colocar aqui um “projecto” que gostaria de desenvolver para a casa do meu pai e gostava de ouvir a vossa opinião sobre a melhor maneira de o concretizar.

O “problema” é o seguinte:
O meu pai tem uma casa nos arredores de Tomar, durante a construção eu deixei umas tubagens e caixas de aparelhagem em todos os quartos com a ideia de um dia colocar sensores de presença, camaras ou sensores de temperatura e humidade… ou seja, aproveitei a construção para deixar essa pré-instalação.

Agora o meu pai instalou uma caldeira para aquecimento da casa mas o sistema é pouco eficiente porque a casa é grande e a caldeira controlada por um unico sensor de temperatura, ou seja, se essa zona da casa está à temperatura configurada o resto da casa não aquece e é preciso andar sempre a ligar e desligar radiadores para aquecer outras zonas.

Sem querer ser muito intrusivo com o sistema da caldeira, eu queria numa primeira fase aproveitar a tubagem e caixas que deixei para colocar em cada divisão da casa uma mini-estação de recolha de informação com sensores (Temperatura, humidade, presença) e enviar essa informação para um outro equipamento que depois faria o controlo.

A minha primeira ideia (com os poucos conhecimentos que tenho) foi colocar nessas caixas arduinos micro com os sensores desejados e enviar os dados para um outro arduino num ponto central e aqui entra a minha questão, como fazer a comunicação entre os devices. Pensei usar as ligações I2C mas já li e percebi que não funciona em distancias grandes, a casa não é um palácio mas a distancia em tubagem nalguns casos pode ser de 15 ou 20m.

Pegando nesta ideia como me recomendam fazer isto? Preferencialmente eu gostava de usar cabos para a comunicação de dados uma vez que vou aproveitar a tubagem para fazer a alimentação dos equipamentos que usar.

Aceito ideias sobre estes 3 temas. :slight_smile:
*qual a melhor opção para essas mini-estações (tinha pensado em arduinos micro)
*o que usar para a estação central de recolha de dados (um arduino maior ou um mini-pc)
*e principalmente, como fazer a comunicação entre as mini-estações e o sistema central.

Obrigado,
Rui Coelho


#2

Bom dia Rui

Deixo-te um site com bastante informação sobre como construir tudo isso que precisas e muito mais.
Já fiz alguns testes e não considero muito complicado de usar.
Há um versão de hardware que usa uma comunicação por fio RS485. Pode ser usada sem interferências por cerca de 1KM. :grinning:

Tens também exemplos de como fazer sensores e controladores de vários tipos, incluindo o de temperatura e humidade e de presença.

Este é o site:

Esta é a versão com comunicação RS485:


#3

Obrigado, vou ver os links…

entretanto estive a procurar na net e vi os módulos CAN BUS e estava a investigar essa possibilidade.

cumps,
RC


#4

Rui, o sistema mais eficaz é teres uma pressão da água homogénea em toda a casa (pode ser necessário ter mais do que uma bomba de circulação, indicado para casas com mais de um piso) e válvulas termostáticas nos radiadores. :grin:


#5

Pois, o sistema é novo e há coisas que sei que não posso e não quero fazer.

Quando a casa estava em construção deixei uma caixa de aplique junto de alguns radiadores a pensar nessa eventualidade. Como eu previa na altura o sistema é ineficaz porque o termostato está na entrada perto de um dos radiadores, ou seja, depressa atinge a temperatura configurada e desliga a bomba de circulação (não aquecendo outras áreas da casa). Se eu desligar esse radiador a bomba está sempre a trabalhar, se aumentar a temperatura a entrada fica um forno.

Aquilo para os meus pais está bom, mas nesta primeira fase eu queria criar estas “estações” para monitorizar as temperaturas, se for bem sucedido depois coloco uma ou outra valvula controlada pelo sistema.

cumps,
RC